Estação de monta de bovinos: o que é e quando acontece

4 min de leitura

Todo produtor que busca ter os melhores bezerros precisa saber como funciona a estação de monta. Nela, pecuaristas de diferentes regiões do Brasil se preparam para a época de reprodução do gado.

Atualmente, mais de 80% das fazendas brasileiras realizam estação com monta natural, ou seja, com touros, em vez de inseminação, segundo o Canal Rural. Mesmo assim, a procura por certas técnicas de reprodução programada aumentou, principalmente para gado de corte.

Nesse contexto, existem algumas dicas que aumentam a eficiência reprodutiva do rebanho. Para saber o que é estação de monta e conhecer 5 dicas práticas para realizar essa técnica em sua criação, continue a leitura deste artigo.

O que é estação de monta e quando acontece?

A estação de monta é uma técnica de manejo em fazendas de bovinos que se refere ao momento em que touros são colocados para cobrir vacas, por monta natural ou quando são inseminadas artificialmente..

Com a técnica, é possível concentrar o período de partos, formando uma estação de parição e de desmame. Desta forma, a estratégia otimiza as operações de manejo, auxiliando na identificação de fêmeas que precisam desmamar, por exemplo.

Além disso, o processo facilita na identificação de animais improdutivos e na avaliação de desempenho de touros. Por outro lado, quando não há uma estratégia de reprodução, os partos ocorrem de maneira aleatória, dificultando a formação de lotes de bezerros e outros procedimentos.

Em geral, o período de primavera e verão é o mais indicado para a reprodução de bovinos, por meio da monta natural ou inseminação artificial (IA). Atualmente, este processo leva, até 120 dias, no máximo. Isso quer dizer que este tempo é suficiente para as fêmeas emprenharem.

Isso se o período escolhido para a monta estiver de acordo com a região. Afinal, o período precisa considerar a disponibilidade de forragem para atender todas as exigências nutricionais que os animais precisam nesta época.

Vale lembrar que as fêmeas em fase reprodutiva demandam nutrientes distintos na gestação, na lactação e no crescimento. Portanto, precisam de um manejo nutricional eficiente, que dê conta de todas essas fases.

5 dicas para uma estação de monta bem-sucedida

Assim como o nascimento de bezerros exige determinados cuidados, a estação de monta também demanda alguns fatores específicos. Nesse sentido, existem certas práticas que podem ajudar a aumentar o desempenho reprodutivo do animal. A seguir, veja quais são elas!

1. Alinhar a estação de monta com a estação de chuvas

O período mais indicado para realizar a estação de monta é aquele que apresenta maior disponibilidade de forragens de melhor qualidade. Isto é, a estação com maior número de chuvas.

Por exemplo, na região Centro-oeste, a monta é feita de novembro a janeiro, porque é neste período que a região se encontra com maior disponibilidade de forragem, uma vez que ela é fundamental para o restabelecimento da atividade reprodutiva do animal.

Além disso, os nascimentos dos bezerros se concentram entre agosto e outubro, durante o período mais seco do ano, favorecendo o manejo sanitário dos bezerros.

2. Avaliar a fertilidade dos touros

Para melhorar os indicadores técnicos e econômicos do sistema produtivo na criação de boi, busque por reprodutores de boa genética. Isto é, animais saudáveis e preparados para reproduzir.

Vale lembrar que os touros precisam se adaptar na fazenda antes de iniciar todo o processo. Assim, você minimiza o estresse do animal e ele poderá receber uma alimentação adequada, evitando comprometer a produção de espermatozoides.

Inclusive, um exame andrológico é recomendado para avaliar a fertilidade do touro. Assim, você evita atrasos nesta época e pode se planejar melhor para o período. Existe também a possibilidade de optar pela inseminação artificial em vez de esperar a monta natural. 

É importante saber interpretar os dados do touro na cartilha no momento da compra, ou avaliar os dados do material do touro que se pretende utilizar o sêmen. Essa cartilha guia o produtor na seleção de touros mais apropriados.

3. Examinar ginecologicamente as fêmeas

Além de avaliar o sêmen do touro, é importante realizar exames ginecológicos nas fêmeas. Desta forma, você evita comprometer a taxa de prenhez. O exame se trata de uma inspeção clínica que avalia certos fatores como:

  • escore corporal;
  • condição física;
  • observação de sangramentos e corrimentos;
  • existência de processos infecciosos;
  • entre outros.

Ou seja, o exame poderá detectar qualquer fator que interfira na fertilidade do animal. Além disso, consulte o histórico reprodutivo da vaca. Assim, você saberá quais os índices de fertilidade e o registro de patologias.

4. Monitorar o desenvolvimento do corpo lúteo

O corpo lúteo é um órgão transitório, ou seja, ele aparece e desaparece em determinadas situações. Sendo assim, ele é detectável em um ou dois dias após a ovulação e sinaliza que a fêmea está pronta para reproduzir.

Em outras palavras, o corpo lúteo é o responsável pela duração e regularidade dos ciclos estrais das vacas, pelo controle de ovulações e pela manutenção da gestação. Portanto, fazer uma avaliação e acompanhamento deste órgão é fundamental para reunir informações importantes sobre a situação da vaca.

Além disso, o monitoramento do corpo lúteo possibilita que a vaca seja inseminada no momento ideal para garantir uma fecundação bem-sucedida.

5. Cuidar da nutrição das vacas antes, durante e depois do parto

A alimentação durante a estação de monta é um dos fatores mais importantes. Isso porque o estado nutricional da vaca no pós-parto determina se ela voltará ou não a apresentar cio e recuperar sua condição corporal, assim como amamentar o bezerro.

Em vista disso, o processo se inicia cerca de 4 meses antes da reprodução, a fim de medir a condição corporal das vacas. Afinal, apenas fêmeas bem nutridas e com boa condição corporal conseguirão conduzir a gestação até o final, de maneira adequada.

Vale considerar a suplementação animal durante as estações de seca do ano, onde ocorre um menor volume de água e o capim se encontra da pior qualidade. Isso porque, ao suplementar, você garante os nutrientes que estão deficientes no pasto.

Planeje sua estação de monta

Com uma estação de monta bem planejada, é possível fazer com que as vacas emprenhem e tenham a gestação juntas, otimizando a nutrição materna na fase pós-parto e no crescimento dos bezerros.

Deste modo, é possível planejar o nascimento dos bezerros para uma época favorável ao seu desenvolvimento e crescimento. Assim, o produtor conseguirá ter bezerros com melhor desempenho. Isso quer dizer que a estratégia apresenta muitos benefícios na criação de bovinos, tais como:

  • melhora a eficiência reprodutiva do rebanho;
  • reduz ciclo e permanência de animais na fazenda;
  • concentra o período reprodutivo;
  • facilita coleta e registro de dados;
  • otimiza o controle e o gerenciamento do rebanho.

E para preparar o pasto em todas as fases necessárias para obter uma estação de monta eficiente, conte com o MPasto, o fertilizante ideal para pastagem, essencial para a produção e rentabilidade do seu rebanho!

Por Bárbara Ramos

Este artigo foi útil? Avalie

Compartilhe:

CONTEÚDO TÉCNICO

CONHEÇA MAIS CONTEÚDOS

2 min de leitura São inúmeras as funções dos elementos minerais no organismo animal, podendo a carência de um único elemento ocasionar...
3 min de leitura Apesar de estarem diretamente ligados, esses parâmetros não querem dizer a mesma coisa. Entenda a diferença entre solubilidade...
5 min de leitura Os minerais constituem de 4 a 6% do peso total do animal, destes, 1% corresponde ao fósforo. Saiba...

POSTS RELACIONADOS

Sal mineral importância
4 min de leitura Muitos produtores questionam a importância do sal mineral na alimentação do gado. Neste artigo, vamos esclarecer como o sal mineral não é...
Vaca Holandesa
3 min de leitura A vaca Holandesa, reconhecida por sua impressionante capacidade de produção leiteira e suas características marcantes, é uma raça de grande importância na...
Vaca de leite e bezerro se alimentando no pasto.
8 min de leitura Um dos fatores essenciais para garantir que as vacas alcancem alta produção de leite é a nutrição adequada. Ela desempenha um papel...
Diferimento de pastagem: área de pastagem com capim verde.
4 min de leitura Se você tiver dúvidas em relação ao diferimento de pastagem, convido você a ler este artigo especialmente escrito para você. A sazonalidade...
Vaca selecionando a planta forrageira.
5 min de leitura Entender o que é uma planta forrageira e seu papel na agropecuária é indispensável para qualquer produtor. Isso porque essas plantas são...
Pastagem de capim brachiaria com algumas árvores.
4 min de leitura Quer saber mais sobre capim brachiaria? Acesse aqui e leia o artigo completo!

Você já viu os catálogos de produtos da mosaic fertilizantes?