Gesso Agrícola: entenda o que é, função e qual momento ideal para seu uso

4 min de leitura

Interessado em trabalhar com a agricultura moderna? Existem alguns protagonistas que você precisa considerar durante o processo, como, por exemplo, o gesso agrícola.

Neste guia, abordaremos o que é o gesso agrícola, sua composição e função, além de quando e como usá-lo para aprimorar a qualidade e produtividade de suas áreas de pastagem. Aproveite esta leitura para tomar decisões informadas que contribuirão para a eficiência de sua produção.

O que é Gesso Agrícola?

O gesso agrícola é um insumo utilizado na agropecuária que possui um importante papel na melhoria da qualidade do solo. Ele é obtido como um subproduto da indústria de fertilizantes fosfatados, mas também pode ser encontrado em jazidas naturais.

A composição típica do gesso agrícola é de cerca de 19% de cálcio e 15% de enxofre na forma de sulfato de cálcio, que é solúvel em água.

Qual a função do Gesso Agrícola?

O gesso agrícola atua como condicionador do solo, promovendo alterações químicas nas camadas subsuperficiais. Isso favorece o crescimento das raízes em profundidade, permitindo que as plantas absorvam água e nutrientes de camadas mais profundas do solo.

Essa característica é especialmente valiosa durante períodos de déficit hídrico, como veranicos e safrinhas, quando a disponibilidade de água no solo é reduzida.

Além disso, o uso do gesso agrícola facilita a circulação de nutrientes como cálcio (Ca), potássio (K) e magnésio (Mg) no solo, elevando seus níveis nas camadas mais profundas e, ao mesmo tempo, reduzindo a saturação por alumínio, contribuindo para minimizar os impactos negativos desse elemento.

Em solos onde o sódio é predominante, a gessagem fornece cálcio em substituição ao sódio, removendo-o do complexo de troca do solo e permitindo sua lixiviação na forma de sulfato de sódio através da drenagem.

Essa ação é de extrema importância, uma vez que altos níveis de sódio podem causar a dispersão da argila, afetando negativamente propriedades físicas essenciais do solo, como porosidade, estrutura e condutividade hidráulica.

Como Calcular a Gessagem do Solo?

Para garantir um cálculo preciso e eficaz da gessagem do solo, é fundamental iniciar o processo coletando amostras em camadas específicas. No caso de culturas anuais, recomenda-se a coleta nas profundidades de 20 a 40 cm e de 40 a 60 cm. Posteriormente, proceda com a análise química, ajustando os parâmetros de acordo com as necessidades específicas da cultura em questão. 

Já para culturas perenes, é essencial ampliar a coleta para a camada de 30 a 50 cm, incluindo a determinação do teor de argila. Essa abordagem abrangente assegura dados mais abrangentes e personalizados, contribuindo para decisões mais precisas no manejo do solo e no aprimoramento da produção agrícola.

Após obter os resultados da análise, verifique a saturação por alumínio e o teor de cálcio no solo. Se a saturação por alumínio exceder 20% ou o teor de cálcio estiver abaixo de 0,5 cmol/dm³, isso sinaliza a necessidade de aplicação de gesso.

A quantidade apropriada de gesso a ser aplicada está relacionada ao teor de argila do solo. Utilize a seguinte fórmula para calcular a dose de gesso (D.G.):

D.G. (kg/ha) = 50 x argila (%)

Outra maneira de determinar a dose de gesso é considerar a classificação textural do solo, disponibilizada pela Embrapa.

Textura do SoloDose de Gesso Recomendada (para culturas anuais) (kg/ha)
Solo Arenoso700
Solo de Textura Média1.200
Solo Argiloso2.200
Solo Muito Argiloso3.200

Composição do Gesso Agrícola

De acordo com informações da Embrapa, o gesso agrícola consiste principalmente no sulfato de cálcio dihidratado (CaSO4.2H2O).

Sua produção ocorre como subproduto da reação entre a rocha fosfática (apatita) e ácido sulfúrico + água, que é utilizada na fabricação de ácido fosfórico na indústria de fertilizantes.

A composição química média do gesso agrícola inclui S (17,7%), CaO (30,9%), F (0,2%) e P2O5 (0,7%).

Diferença entre calcário e Gesso Agrícola

O calcário e o gesso agrícola desempenham papéis distintos na fertilização do solo, oferecendo benefícios específicos para o substrato e as plantas.

O calcário, composto principalmente de carbonato de cálcio (CaCO3), é conhecido por sua capacidade de elevar o pH do solo, corrigindo a acidez. É a escolha ideal para solos ácidos, onde o pH está abaixo do nível adequado para o cultivo das culturas.

A aplicação correta do calcário envolve a inserção do produto no solo, preferencialmente a mais de 20 centímetros de profundidade, através do uso do arado, especialmente o arado de disco. Isso assegura uma correção eficaz do pH, melhorando a disponibilidade de nutrientes para as plantas.

Por outro lado, o gesso agrícola, composto principalmente de sulfato de cálcio (CaSO4), tem um papel diferente. Não influencia significativamente o pH do solo, mas é valioso em situações em que o solo enfrenta problemas como dispersão de argila, alta saturação por alumínio ou falta de cálcio.

O gesso agrícola melhora a estrutura do solo, tornando-o mais permeável e resistente à compactação, além de reduzir a dispersão de argila em solos sódicos.

A escolha entre calcário e gesso agrícola depende das necessidades específicas do solo e das culturas cultivadas. Em alguns casos, a aplicação combinada desses corretivos pode ser benéfica para otimizar as condições de crescimento das plantas.

 Quando Utilizar Gesso Agrícola na sua Produção?

Em primeiro lugar, o gesso é uma excelente escolha quando seu solo apresenta problemas como alta saturação por alumínio, dispersão de argila ou deficiência de cálcio. Ele atua reduzindo a toxicidade do alumínio, melhorando a estrutura do solo e fornecendo cálcio essencial para o desenvolvimento das plantas.

Além disso, o gesso agrícola também é útil em culturas específicas, como: milho, feijão, algodão, café, citrus, e pastagens, que se beneficiam do cálcio extra. E não podemos esquecer do enxofre presente no gesso, essencial para a síntese de proteínas nas plantas.

Vantagens do Uso do Gesso Agrícola

  • Efeito fertilizante;
  • Contribui para a resistência do solo à compactação;
  • Pode resultar em melhoria das propriedades físicas do solo;
  • Colabora com a redução dos efeitos adversos da saturação por alumínio;
  • Promove práticas agrícolas mais sustentáveis;
  • Aplicação estratégica em solos com problemas de dispersão de argila;
  • Atua na prevenção de enfermidades em plantas;
  • Possibilita um melhor aproveitamento da água no solo.

Uso do Gesso Agrícola na Pastagem

O gesso agrícola desempenha um papel fundamental na formação e manutenção de pastagens saudáveis. Durante a fase de formação, a aplicação direta do gesso pode ser benéfica para melhorar a estrutura do solo, tornando-o mais permeável e resistente à compactação. Isso cria um ambiente favorável para o estabelecimento das plantas forrageiras desde o início.

 Já na fase de manutenção da pastagem, pode ser aplicado de forma estratégica para otimizar a disponibilidade de nutrientes no solo, garantindo que as plantas tenham acesso a cálcio e enxofre, elementos essenciais para uma rebrota saudável e eficiente.

Independentemente do estágio da pastagem, optar por gessos de qualidade, como o Gesso Agrícola NutriMosaic, é essencial para garantir os benefícios desejados. Em caso de dúvidas, não hesite em buscar orientação de um especialista, pois isso pode fazer toda a diferença na qualidade e produtividade da sua pastagem.

Este artigo foi útil? Avalie

Compartilhe:

CONTEÚDO TÉCNICO

CONHEÇA MAIS CONTEÚDOS

2 min de leitura São inúmeras as funções dos elementos minerais no organismo animal, podendo a carência de um único elemento ocasionar...
3 min de leitura Apesar de estarem diretamente ligados, esses parâmetros não querem dizer a mesma coisa. Entenda a diferença entre solubilidade...
5 min de leitura Os minerais constituem de 4 a 6% do peso total do animal, destes, 1% corresponde ao fósforo. Saiba...

POSTS RELACIONADOS

3 min de leitura A biosseguridade é um componente essencial da avicultura atual. Ao implementar um programa de biosseguridade eficaz, os avicultores podem proteger a saúde...
vacas tirando leite ordenha mecanica
5 min de leitura O leite é um dos alimentos mais nobres, devido sua composição ser rica em proteína, gordura, carboidratos, minerais e sais minerais. Dá-se...
agropecuária: homem caminhando em meio a plantação de milho
6 min de leitura O Brasil se destaca no cenário global como um dos principais líderes na agropecuária, uma atividade econômica vital que integra tanto a...
6 min de leitura Quais são os principais desafios de produtividade enfrentados na pecuária de corte no Brasil? O agronegócio brasileiro tem experimentado um crescimento constante,...
Sal mineral importância
4 min de leitura Muitos produtores questionam a importância do sal mineral na alimentação do gado. Neste artigo, vamos esclarecer como o sal mineral não é...
Vaca Holandesa
3 min de leitura A vaca Holandesa, reconhecida por sua impressionante capacidade de produção leiteira e suas características marcantes, é uma raça de grande importância na...

Você já viu os catálogos de produtos da mosaic fertilizantes?