Peso do boi: como calcular e converter em arrobas

4 min de leitura

Calcular o peso do boi é uma prática essencial para os pecuaristas que buscam garantir a rentabilidade dos seus negócios, tanto por permitir avaliar a saúde e o desenvolvimento dos animais quanto para realizar negociações justas no mercado.

Assim, a conversão do peso do boi em arrobas é uma prática comum no Brasil, a fim de facilitar a comercialização e o planejamento estratégico.

Entenda como calcular o peso do boi e converter em arrobas, além dos métodos mais eficientes de pesagem e como essas práticas podem contribuir para a sustentabilidade e produtividade de sua fazenda.

O que é uma arroba de boi?

A arroba (@) é uma unidade de medida de peso muito utilizada na pecuária brasileira, de modo que 1@ equivale a 15 quilos de peso vivo. Essa medida é tradicionalmente usada para comercializar o gado de corte, facilitando a negociação entre produtores e compradores.

Entender a conversão do peso do boi em arrobas é crucial para avaliar a rentabilidade dos animais e planejar estratégias de venda, bem como processos técnicos, como a nutrição dos bovinos.

Qual o valor do peso do boi?

O valor do peso do boi pode variar dependendo de vários fatores, incluindo a raça, a alimentação, o manejo e a saúde do animal.

Em média, um boi adulto pode pesar entre 450 e 600 quilos. Para calcular a rentabilidade, é comum converter esse peso em arrobas.

Como calcular o peso do boi?

Para calcular o peso do boi, a forma mais efetiva é realizar a pesagem do animal, através de uma balança que, de forma geral, fica localizada no brete do curral. Isso ocorre, normalmente, no momento em que o animal vai para o abate.

Peso vivo

A maneira mais direta de medir o peso vivo do boi é utilizando uma balança específica para animais. Isso fornece uma medida precisa e é essencial para avaliar a condição do animal. Normalmente, o animal é deixado em jejum de 12 a 16h para então ser pesado (água pode ser fornecida normalmente).

Peso da carcaça

Após o abate, a carcaça do boi é pesada para determinar seu peso. A partir do peso da carcaça se faz o cálculo chamado de “Rendimento de Carcaça”.

Rendimento de carcaça em % = (Peso da carcaça no frigorífico em kg / Peso vivo na fazenda em kg) x 100.

Esse valor é muito importante porque ele é utilizado como base para a negociação do valor pago pelo frigorífico ao pecuarista. Ou seja, quanto maior o rendimento, mais o pecuarista recebe pelo abate do animal.

Cálculo do peso vivo em arrobas

Para converter o peso vivo do boi em arrobas, divida o peso em quilos por 15. Por exemplo, um boi de 600 quilos corresponde a 40 arrobas (600 kg ÷ 15 kg).

Exemplo de fórmula: Peso em arrobas = Peso vivo em quilos ÷ 15

Quando eu devo pesar o meu gado?

Pesar o gado regularmente é uma prática essencial para monitorar o desenvolvimento, a saúde, o desempenho dos animais na propriedade e a dieta de gado.

A frequência e os momentos específicos para a pesagem podem variar dependendo das necessidades de manejo e dos objetivos da criação. Aqui estão alguns momentos estratégicos para pesar o gado:

Antes e após a estação de engorda

  • Antes: pesar o gado antes da estação de engorda ajuda a estabelecer uma linha de base para avaliar o ganho de peso durante esse período e, assim, ajustar a dieta e o manejo conforme necessário para otimizar os resultados.
  • Após: ao pesar o gado após a estação de engorda, é possível determinar a eficiência da alimentação e dos métodos utilizados, além de planejar a venda ou o abate dos animais.

Antes da venda ou do transporte

Pesar o gado antes de enviá-lo para o abate ou venda para outro produtor garante que você tenha dados precisos sobre o peso e a condição dos animais. Isso é crucial para negociar preços justos e evitar discrepâncias durante a transação.

Durante tratamentos veterinários

Pesagens regulares durante tratamentos veterinários permitem monitorar a saúde e a recuperação dos animais. Mudanças significativas no peso podem indicar problemas de saúde ou a necessidade de ajuste do tratamento.

Para ajustar dietas e práticas de manejo

Pesagens periódicas são úteis para avaliar a eficácia das dietas e das práticas de manejo implementadas.

Se os animais não estiverem ganhando peso conforme esperado, pode ser necessário revisar a qualidade da alimentação, o manejo de pastagens ou outros aspectos do cuidado.

Durante a fase de crescimento e desenvolvimento

Acompanhar o peso dos animais jovens em crescimento é essencial para garantir que eles estejam se desenvolvendo adequadamente. Isso ajuda a identificar possíveis problemas na tabela nutricional do gado ou de saúde desde cedo.

Em situações de mudança na alimentação animal ou no manejo

Sempre que houver mudanças significativas na alimentação animal ou nas práticas de manejo, é importante pesar o gado para avaliar o impacto no desempenho e na saúde dos animais.

Pesar o gado nos momentos certos permite uma gestão mais precisa e eficiente da propriedade, ajudando a garantir o bem-estar dos animais e a maximizar a rentabilidade.

Quais são os principais métodos de pesagem do boi?

Existem vários métodos para pesar o boi, cada um com suas vantagens e desvantagens:

  • Balança eletrônica: método preciso e eficiente, ideal para grandes rebanhos.
  • Balança mecânica: mais econômica, mas exige mais tempo e esforço.
  • Estimativa visual: menos precisa, usada em situações onde não é possível utilizar balanças.

A importância da precisão no cálculo do peso do boi

Calcular e converter o peso do boi em arrobas é uma prática essencial na pecuária, impactando diretamente na gestão e comercialização dos animais. Por isso, garantir que essas práticas sejam realizadas de maneira correta e regular é fundamental para maximizar a produtividade e a sustentabilidade da propriedade, promovendo também o bem-estar animal.

Interessado em mais soluções para otimizar sua produção? Confira nosso Foscálcio e veja como ele pode ajudar na sua propriedade!

Este artigo foi útil? Avalie

Compartilhe:

CONTEÚDO TÉCNICO

CONHEÇA MAIS CONTEÚDOS

2 min de leitura São inúmeras as funções dos elementos minerais no organismo animal, podendo a carência de um único elemento ocasionar...
3 min de leitura Apesar de estarem diretamente ligados, esses parâmetros não querem dizer a mesma coisa. Entenda a diferença entre solubilidade...
5 min de leitura Os minerais constituem de 4 a 6% do peso total do animal, destes, 1% corresponde ao fósforo. Saiba...

POSTS RELACIONADOS

Engenheira agrônoma profissional com tablet digital trabalha em campo
2 min de leitura O Livro Caixa Digital do Produtor Rural (LCDPR), instituído pela Instrução Normativa RFB n.º 1.848, de 28 de novembro de 2018, é...
silagem-de-sorgo
4 min de leitura A silagem de sorgo é uma alternativa interessante para otimizar os sistemas convencionais de produção animal, que em alguns casos não tem...
3 min de leitura O capim BRS Zuri ou Zuri (Panicum maximum cv. Zuri), desenvolvido pela Embrapa em 2014, se tornou uma alternativa interessante para a...
confinamento-de-gado
4 min de leitura A alternância de oferta de animais no decorrer do ano para o abate devido a sazonalidade de produção forrageira faz com que...
silagem-de-capim-elefante-BRS-Capiacu
4 min de leitura A base de alimentação animal na pecuária do Brasil é a pastagem. Por isso, em períodos com menor produção devido às condições...
4 min de leitura A construção de um curral para gado de corte é essencial para manter os animais seguros e produtivos. Entender como ele deve...

Você já viu os catálogos de produtos da mosaic fertilizantes?