Manejo sanitário: impacto, sua importância e práticas

4 min de leitura

O manejo sanitário é o pilar fundamental na pecuária, determinando a saúde e a eficiência do rebanho. Cada medida preventiva desenha o caminho para garantir o bem-estar dos animais e a robustez da produção.

Neste contexto, exploraremos a grande importância do manejo sanitário, destacando estratégias-chave como vacinação e controle de parasitas, e quais as melhores práticas para implementar essas estratégias em sua produção. Confira.

O que é Manejo Sanitário?

O manejo sanitário animal abrange um conjunto estratégico de medidas que integra um planejamento de atividades veterinárias aplicadas regularmente e uma gestão pecuária eficaz do rebanho, fomentando a saúde e o bem-estar dos animais, como indicam Radostits e Blood, em pesquisa realizada em 1986.

As ações preventivas se desdobram em dois níveis, controle e erradicação, de acordo com objetivos específicos. Autores como Trald, em 2006, asseguraram que a prevenção da entrada de microrganismos causadores de doenças é mais econômica que as tentativas de eliminação.

De todo modo, o manejo sanitário, além de preservar a saúde do rebanho, representa um alicerce sólido para uma operação pecuária sustentável e bem-sucedida a longo prazo.

Impacto da Falta de Manejo Sanitário Animal 

A falta de manejo sanitário frequentemente se traduz em prejuízos econômicos expressivos para os produtores.

  • Mortalidade elevada;
  • Perda de material genético;
  • Redução na produção de leite, assim como baixa qualidade na carne bovina, suína e de frango. 
  • Queda dos índices reprodutivos.

São apenas alguns dos fatores diretamente ligados à ausência de práticas sanitárias eficientes.

Na bovinocultura de leite, por exemplo, estudos apontam que as perdas por mastite subclínica, sejam de até 1,75 bilhão de litros, representando aproximadamente 5% da produção total de leite do país, segundo Santos e outros autores, em pesquisa realizada em 2019.

Já Santos, e outros estudiosos, em pesquisa realizada em 2013, conferem a brucelose um prejuízo total estimado de, aproximadamente, R$ 892 milhões, para cada fêmea infectada acima de 24 meses em rebanhos de leite ou corte. 

Em sistemas de produção de carne suína e de frango, duas potências na cadeia de proteína animal, a ausência de manejo sanitário é uma preocupação agravada pelas grandes pandemias de influenza. 

Nessas circunstâncias, os cuidados precisam ser ainda mais redobrados, dada a propensão dessas espécies a doenças respiratórias e o seu impacto financeiro.

Manejo Sanitário: Práticas Essenciais

Vacinação

Siga rigorosamente o calendário vacinal estabelecido pelas autoridades de saúde animal do seu estado. Escolha sempre vacinas de empresas de boa procedência e que estejam no prazo de validade.

Controle de Parasitas

Implemente estratégias combinadas, como: controle físico, químico e biológico. Para ruminantes a pasto, faça um manejo de pastagem adequado.

Redobre a cautela durante os períodos de calor e chuva, quando a presença desses agentes, geralmente, é mais intensa.

Monitoramento de Saúde

Realize exames periódicos para identificação precoce de possíveis enfermidades. Tenha um profissional técnico responsável para avaliações e orientações.

Higiene e Limpeza

A limpeza das instalações deve ser feita periodicamente conforme a finalidade da produção. Rondas rotineiras podem te auxiliar na determinação da periodicidade da limpeza.

Em todas as criações os bebedouros devem estar sempre limpos e com água de qualidade.

Dejetos e resíduos devem ser descartados adequadamente para evitar focos de contaminação, foco maior na produção suinícola. 

Quarentena e Controle de Movimentação

Animais recém-chegados devem cumprir períodos de quarentena. Assim como animais doentes devem ser cuidadosamente alocados longe de animais sadios, para tratamento e prevençãoda disseminação de doenças. 

Implementando o Manejo Sanitário no Rebanho

Agora que discutimos as principais estratégias para garantir um manejo sanitário eficaz, abordaremos as práticas fundamentais dentro dessas etapas

Vacinação Adequada

A vacinação de bovinos, aves e suínos, assim como os demais animais, tende a ser um momento estressante. Portanto, é fundamental criar um ambiente tranquilo, evitando barulhoe a presença de outros animais, como cachorros, que aumentem o desconforto.

Além disso, geralmente, evite vacinar animais doentes, pois isso pode acentuar o quadro clínico.

Para animais prenhes, certifique-se de que as vacinas são adequadas para a categoria antes do manejo vacinal. 

Controle de Parasitas

Cada tipo de parasita demanda uma abordagem específica, mas é crucial que, em todas as categorias, adotemos um manejo sistêmico de ponta a ponta.

Mantenha sempre um protocolo ajustado à realidade climática e sazonal, pois o uso inadequado e indiscriminado pode levar à resistência.

Nunca aguarde a infestação se agravar; controle no primeiro sinal e, sempre que possível, incorpore práticas de prevenção, como a rotação de pastagem para ectoparasitas, como carrapatos, ou o uso de armadilhas para moscas. 

Monitoramento da Saúde do Rebanho

Cada sinal de saúde no rebanho merece atenção, e o monitoramento constante é essencial. Adote uma abordagem proativa, realizando rondas periódicas em todos os setores visando identificar animais com comportamentos ou sintomas diferentes do habitual. Estabeleça protocolos de isolamento para indivíduos doentes.

Consulta a Profissionais de Saúde Animal

Estabelecer uma parceria constante com profissionais de saúde animal é um pilar essencial do manejo sanitário. Programe consultas preventivas regulares para avaliações especializadas e orientações sobre práticas sanitárias atualizadas.

Comunique qualquer alteração no rebanho e siga as recomendações veterinárias consistentemente.

Outras dúvidas 

Para que serve o manejo sanitário?

O manejo sanitário tem como objetivo principal preservar a saúde e o bem-estar dos animais em um rebanho. Isso inclui a prevenção, controle e tratamento de doenças.

Como é feito o manejo dos animais? 

O manejo dos animais envolve a aplicação de práticas sanitárias específicas, como vacinação, controle de parasitas, monitoramento da saúde e adoção de medidas preventivas.

Quais as principais medidas de Manejo Sanitário em Bovinos?

Entre as principais medidas estão a vacinação estratégica, o controle eficaz de parasitas, o monitoramento constante da saúde do rebanho e a consulta regular a profissionais de saúde animal.

Mantenha a nutrição adequada! 

Um aspecto importante do manejo sanitário é garantir uma nutrição adequada para promover a saúde e o desempenho ideal do rebanho. Investir em uma boa alimentação é fundamental para o bem-estar dos animais e, consequentemente, para o sucesso da produção.

Por isso, se você precisa melhorar o seu manejo sanitário, comece uma nutrição de qualidade, conheça nossa linha: Nutrição animal –  NutriMosaic

Este artigo foi útil? Avalie

Compartilhe:

CONTEÚDO TÉCNICO

CONHEÇA MAIS CONTEÚDOS

2 min de leitura São inúmeras as funções dos elementos minerais no organismo animal, podendo a carência de um único elemento ocasionar...
3 min de leitura Apesar de estarem diretamente ligados, esses parâmetros não querem dizer a mesma coisa. Entenda a diferença entre solubilidade...
5 min de leitura Os minerais constituem de 4 a 6% do peso total do animal, destes, 1% corresponde ao fósforo. Saiba...

POSTS RELACIONADOS

Pastagem de capim brachiaria com algumas árvores.
4 min de leitura Quer saber mais sobre capim brachiaria? Acesse aqui e leia o artigo completo!
campo verde com um rolo de feno.
4 min de leitura O feno é uma fonte crucial de volumoso na alimentação do rebanho, sendo composto por gramíneas, leguminosas e plantas herbáceas. Esse alimento...
Plantação de milho sendo corrigido com gesso agrícola.
4 min de leitura Interessado em trabalhar com a agricultura moderna? Existem alguns protagonistas que você precisa considerar durante o processo, como, por exemplo, o gesso...
Pilha de ureia, com saca no canto esquerdo da imagem.
4 min de leitura Se você está envolvido com gado de corte, é provável que já tenha ponderado sobre os benefícios ou tido dúvidas acerca da...
4 min de leitura Ao examinar as responsabilidades e desafios diários do pecuarista, podemos entender não somente a complexidade dessa atividade, mas também sua relevância estratégica...
Solo apresentando rachaduras profundas, evidenciando sinais de deterioração.
6 min de leitura A degradação do solo preocupa os produtores devido aos impactos na produtividade e no meio ambiente. Leia o...

Você já viu os catálogos de produtos da mosaic fertilizantes?